Como enviar E-Mail Marketing

Crie campanhas on-line, conquiste novos negócios
e mantenha seu cliente informado.

MÉTRICAS E RELATÓRIOS DE E-MAIL MARKETING

Você já sabe as vantagens de criar email marketing e já sabe como aproveitar as potencialidades dessa ferramenta com a criação de mensagens e gestão de contatos. Como saber se as ações e estratégias adotadas estão surtindo o efeito desejado? Através das métricas! Existem várias métricas para analisar em email marketing, e softwares de envio de campanhas oferecem estas informações consolidadas e facilmente acessíveis. Para compreendê-las e saber quando agir, é importante saber, primeiramente, qual é o objetivo da campanha em questão: você está enviando um email promocional, um anúncio, uma newsletter? A partir deste diagnóstico, é possível determinar a KPI da sua campanha – Key Performance Indicator – o indicador central de desempenho.

“Você só pode afirmar o sucesso (ou fracasso) de sua campanha

de e-mail marketing se souber o que medir.”

QUAL O INDICADOR DE DESEMPENHO DE SUA CAMPANHA?

promo-icon

Anunciar

Se o objetivo da sua campanha é anunciar um novo produto ou serviço, a taxa de aberturas pode ser a métrica mais importante.

click-icon

Cliques

Se o objetivo da sua newsletter é gerar tráfego para o blog da sua empresa, a taxa de cliques será a métrica a ser observada.

product-icon

Produtos

Se você enviou uma campanha com produtos, poderá observar a taxa de conversões no seu site.

DADOS IMPORTANTES EM CAMPANHAS DE E-MAIL MARKETING

1. A taxa de abertura mostra quantas pessoas abriram o email. “Abertura” pode ser entendida como quando o destinatário habilita as imagens e clica em algum link, ou seja, interage com a mensagem. Como às vezes as pessoas podem abrir a mensagem, mas não habilitar as imagens ou não clicar em um link, essa métrica pode ficar um pouco imprecisa – por isso é importante usar imagens com textos alternativos e solicitar que as pessoas habilitem as imagens.

2. Veja quantas pessoas encaminharam sua mensagem para seus amigos. O número de Forwards vai indicar qual é a viralidade do seu email: de acordo com o relatório do Litmus sobre a viralidade de emails, 95% dos emails geram algum tipo de forward. Incluindo um link para encaminhar o email, você consegue acompanhar essa métrica e ainda oferecer vantagens para seus clientes que estão indicando seus emails. 

3. Essa é uma métrica que ninguém tem vontade de ver aumentar: o número de descadastros. Apesar de essa não ser uma métrica desejável, é sempre melhor deixar claras as opções de descadastro do que sofrer com denúncias de SPAM. Algumas pessoas desistirem de receber é aceitável, elas podem preferir outros canais. Se estes números subirem demais, pode ser um sinal para rever sua estratégia.

4. Essa também não é uma métrica que deve ficar alta. Bounces, ou retornos, podem acontecer por diversos motivos, como caixa cheia, falhas temporárias no servidor do destinatário ou mesmo endereço inexistente ou domínios que não estão aptos a receber e enviar emails. Um número muito alto de retornos diminui a sua reputação de envios, podendo causar bloqueios das suas mensagens por clientes de email.

5. Essa é uma informação importante para determinar o design das suas campanhas e as estratégias a seguir. Cada cliente de email tem suas particularidades. Se você perceber que grande parte do seu público utiliza um cliente específico, pode investir em um design com características especiais. A mesma coisa vale para emails mobile: sabendo qual é o sistema mais utilizado, você pode determinar a estratégia.

Contato via site
Olá! Podemos ajudar?
Powered by